ActionAid is a global movement of people working together to further human rights and defeat poverty for all.

Actionaid Moçambique na Implementação da Iniciativa “Promoção de Direitos nas Escolas-PRS “

A Escola Primária de OCUA, do distrito de Chiúre na província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, beneficiou  em Junho último, de uma capacitação sobre  os 10 direitos definidos na iniciativa “Promoção dos Direitos nas Escolas” (PRS)  que  descrevem  os princípios e indicadores  de uma escola ‘ideal’ que oferece uma educação de qualidade.

A Capacitação sobre a Promoção dos Direitos das Escolas foi organizada pela Actionaid Moçambique em parceria com  o FAWEMO - Fórum de mulheres Educadoras de Moçambique e a AMA- Associação do Meio Ambiente o ,âmbito do convénio Cabo Delgado (NCD) em coordenação com o PLD de Chiúre  e  contou com 27 participantes  dos quais 7 crianças (Clubes da rapariga), 8 jovens, 4 mulheres e 7 homens (membros do conselho de escola) e 1 mulher (representante do Serviço Distrital da Educação).

A capacitação resultou na aceitação dos grupos de interesse da escola da abordagem à promoção dos direitos nas escolas (PRS), como instrumento de trabalho para implementar, monitorar e avaliar a qualidade da educação. Na sequência e a titulo experimental foram escolhidos dois direitos, nomeadamente, Direito à participação e Direito a Aprendizagem de Qualidade onde os grupos irão trabalhar tendo em consideração os indicadores e a metodologia para o alcance dos objectivos. 

A Actionaid Moçambique auscultou a opinião de alguns participantes:

Ouvimos um membro de Clube da Rapariga, de nome Felizarda Alfredo, de 11 anos de idade:

Já sabemos que nós crianças temos que participar, em assuntos que nos diz respeito, quer na escola, em casa e na nossa comunidade. Ouvimos todos, aqui, por isso, eu as minhas colegas vamos usar o que aprendemos para estudarmos bem, para ter um futuro melhor”. 

Para a participante Ana Maria Alfredo, de 60 anos de idade  esta capacitação,” veio nos ensinar as nossas tarefas dentro e fora da escola.” Pois segundo ela quando foi convidada fazer parte do conselho não sabia o que eu devia fazer, mas agora, esta consciente de  deve-se melhorar “ehakhi” (direitos em língua emakua) do seus  filhos. “Eles devem estudar e os professores devem ensinar bem. Por isso, agradecemos a ActionAid, FAWEMO e AMA, por nos ensinar e nós aceitamos, vamos fazer:” Acrescenta a interlocutora.

Por seu turno, Gregório Amade, Director da Escola Primário a de Ocua afirma:

A capacitação veio nos abrir a minha visão, sobre os direitos que abordam a qualidade da educação. Este conhecimento vai permitir-me melhorar a gestão da escola de forma participativa e transparente, porque tenho já a metodologia e os indicadores que vou usar para melhorar a qualidade da educação desta escola. Por isso, agradeço a ActionAid e Fawemo, por nos proporcionar esta capacitação, que aceitamos e prometemos em implementar a iniciativa”.